quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Camuflagem animal!

Incríveis animais e suas camuflagens, veja:


















NASA faz previsão para o futuro da aviação!

No ano de 2010, a NASA em conjunto com as empresas Lockheed Martin, Northrop Grumman e Boeing, assinaram um contrato, para saber o qual a visão dessas empresas para o futuro das aeronaves em 2025.

A NASA apresenta agora uma visão geral dos conceitos que surgirão em 2025, os requisitos básicos para estes conceitos foram: menos ruído, emitir menos poluentes e gastar menos combustível.

Cada empresa apresentou um design diferente, mas todos dentro do padrão recomendado pela NASA.

O projeto, faz experiências de vôo de longo prazo financiados pela NASA ao longo do tempo, para incentivar grandes empresas a olhar para a evolução de conceitos, em vez de fazer a pesquisa e desenvolvimento convencional, que geralmente é muito lenta e gradual.

Orientações claras foram dadas as três empresas, que devem aumentar a velocidade das aeronaves em ate 85% da velocidade do som, tornando os aviões hipersônicos.

Em 2025 as aeronaves também serão capazes de operar com segurança em um sistema de gestão do tráfego aéreo, que será mais moderno.

No projeto da Boeing é muito parecido com o conceito de outras empresas, o que mostra a parte com a configuração do levantamento do corpo da aeronave.


Proposta da Boeing para um novo avião que deverá voar em 2025. [Imagem: NASA/The Boeing Company]


A principal vantagem desta forma é um volume interno maior, para ser capaz de transportar muita carga e até mesmo os passageiros.

O motor é montado acima do corpo traseiro, localizado entre dois estabilizadores verticais, assim o barulho das turbinas é bem reduzido.

Enquanto no design Northrop Grumman produzir um desenho de plano duplo que poderia resultar em volume de carga muito maior.

Conceito do avião modelo 2025 da Northrop Grumman.[Imagem: NASA/Northrop Grumman]



Finalmente, da Lockheed Martin para propor a concepção estética dos mais interessantes de todos eles, ou seja, com o conceito que combina o design da fuselagem que é agora misturado com o progresso aerodinâmico exclusivo sobre as asas de veículos e máquinas.

Proposta da Lockheed Martin para um avião ano 2025. [Imagem: NASA/Lockheed Martin]


Qual deles você escolhe

Fonte: NASA

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Um vidro mais forte do que o aço!

Parece ser difícil de acreditar que um dia o vidro seria mais forte que o aço. Pois é, esse dia chegou!
Uma equipe de pesquisadores de vários laboratórios dos Estados Unidos, conseguiram realizar este feito.  O vidro metálico, como foi chamado, possui uma microliga contendo paládio, um metal com uma elevada resistência à deformação, o que neutraliza a fragilidade intrínseca dos materiais vítreos.
Robert Ritchie, um dos pesquisadores que desenvolveu esse novo vidro, afirma: "Este é o primeiro uso de uma nova estratégia para a fabricação de vidros metálicos, e acreditamos que podemos usá-la para tornar-lo ainda mais forte e resistente"
Segundo o pesquisador, devido ao elevado módulo de resistência ao cisalhamento do material com paládio, a energia necessária para formar bandas de cisalhamento é muito menor do que a energia necessária para transformar essas bandas de cisalhamento em rachaduras
"O resultado é que o vidro mostra uma extensa plasticidade em resposta ao estresse, permitindo que ele se curve, em vez de se quebrar," diz Ritchie.

Microfotografia de um entalhe feito no novo vidro metálico, mostrando a "blindagem plástica" contra trincas

Fonte: http://www.gizmag.com